Reformando sem gastar muito

Postado em 15 maio , 2013

Reformar pode não ser das tarefas mais fáceis, mas também não precisa ser um monstro de sete cabeças. Com algumas dicas simples, é possível mudar ambientes de forma considerável e investindo o suficiente para não criar um rombo no orçamento. A primeira parte de uma reforma deve ser o planejamento. Ele é extremamente importante para que gastos desnecessários sejam evitados. Pesquisar os preços em diferentes lojas é importante. Comprar todos os itens no mesmo lugar nem sempre sai mais barato, mas pode facilitar na hora da entrega dos produtos, além de um possível desconto.

No caso do quarto das crianças, seja na chegada do primeiro filho, do segundo, ou na mudança da infância para a adolescência, criar um espaço para os jovens não é tão complicado quanto parece.  Se quiser economizar, evite personagens conhecidos. Direitos de imagem saem caros e as crianças podem mudar o objeto de seu afeto com facilidade. Invista nas cores. Pergunte ao seu filho ou filha qual a sua cor favorita para criar algo com o qual eles se identifiquem. Em caso de filhos com gostos diferentes ou de gêneros diferentes, a mudança não precisa ser um campo de batalha.

A iluminação pode trazer grandes mudanças a um ambiente. Seja na introdução de luz natural, abajures, lâmpadas ou luminárias, é necessário levar em consideração a exposição do cômodo a luz do sol. Instalar novas janelas pode ser complicado, mas necessário. Isso pode trazer uma grande economia de energia elétrica no futuro, trazendo também benefícios para a saúde, já que ambientes bem iluminados evitam a proliferação de fungos e doenças respiratórias.

Em espaços longos, uma boa alternativa é criar dois ambientes. Se não quiser subir uma parede de alvenaria, drywall é uma opção interessante, ou ainda uma meia-parede. Se o quarto for pequeno, decorar com cores claras e um espelho grande pode ser a solução. Ainda na tentativa de economizar espaços, portas de correr ou embutidas podem ser ideais.

Outra dica importante é investir na impermeabilização. O investimento acaba barateando a manutenção do imóvel, evitando que infiltrações deixem as paredes mofadas e manchadas.

Clarasboias ou domos podem ser difíceis de instalar, mas trazem economia no futuro

Clarasboias ou domos podem ser difíceis de instalar, mas trazem economia no futuro