Quebra-sol
Postado em 6 dezembro , 2013

“Brise-soleil” é uma palavra francesa que significa “quebra-sol”. Quando se trata de arquitetura, é um detalhe usado nas edificações para barrar parte da incidência solar. Além disso é um detalhe muito bacana que transforma as fachadas, pois ao dia agrega uma textura visual e à noite transforma as edificações em caixas de luz.

-67557-4948269

Aí você se pergunta em qual material o Brise pode ser feito. É algo simples: pode ser utilizado em sua produção desde madeira, concreto, alumínio, zinco até vidro! Existem versões móveis, bem modernas e atuais que têm seu acionamento através de controle automático ou fotocélulas.Na edificação, o tamanho, o material e a posição das lâminas são definidos pela posição do sol e quantidade de luz que busque barrar.

DSC_0430

Ninguém mais, ninguém menos que Oscar Niemeyer, Lucio Costa, Carlos Leão, Affonso Eduardo Reidy, Ernani Vasconcellos e Jorge Machado Moreira foram os primeiros a usar o Brise- Soleil no Brasil, no famoso edifício Gustavo Capanema, no Rio de Janeiro (entre os anos de 1936 a 1945 –vamos combinar que a tecnologia não é tão nova assim, mas evoluiu muito de uns tempos pra cá) e em São Paulo, no Copan, projetado também por Niemeyer.

capanema 04

Edifício Gustavo Capanema

Bacana, não é mesmo? Uma boa solução para os dias quentes que estão aí! Invista nessa arquitetura para dar uma cara nova ao seu apartamento além de diminuir a incidência solar.