Qual o melhor piso para construir?

Postado em 2 março , 2016

Antes de qualquer coisa, a resposta para a pergunta acima é: escolher um único material para revestir todos os ambientes. É claro, existem algumas exceções, mas se você não souber a melhor maneira de combiná-las, opte pela regra! Sabendo disso, é hora de considerar o preço e a manutenção, pois alguns pisos pedem uma revisão periódica.

Mas vamos lá! Vamos conhecer um pouquinho de cada piso e descobrir qual se encaixa melhor em seu projeto de construção!

Porcelanato: É fácil de instalar, tem alta resistência e variedade no tamanho das peças. Como pontos fracos, podemos dizer que é um piso frio e precisa se aliar a outros elementos da decoração para ganhar aconchego. Sua manutenção é fácil: basta varrer e passar pano úmido nas sujeiras mais resistentes.

piso porcelanato 6

Madeira: Esse piso tem um toque caloroso e proporciona uma acústica excelente. Seu único problema é o sol, que escurece sua tonalidade. Para manutenção: pano úmido bem torcido e sabão neutro.

madeira

Mármore: É um revestimento natural, que empresta nobreza aos ambientes com seu estilo único e belíssimo. Por ser poroso, mancha com facilidade e sua restauração requer obra pesada. Está entre os pisos mais caros. A manutenção deve ser feira com pano umedecido em uma solução de água e detergente neutro ou sabão de coco.

piso-marmore-travertino-romano-01

Cimento: Descolados e despojados, os cimentos e as placas cimentícias caíram no gosto de quem busca um visual moderno e, na versão fosca, dispensa a reposição da película protetora. Os contras? Precisa de mão de obra especializada para instalar e obra pesada para retirar. N manutenção, é aconselhável varrer com vassoura de cerdas macias e usar produtos de limpeza fornecidos pelo fabricante do revestimento.

cimento

PODE GOSTAR TAMBÉM


Notice: Undefined offset: 0 in /home/ferragens3f1/public_html/blog/wp-content/plugins/related-posts-thumbnails/related-posts-thumbnails.php on line 268