No estilo Kitsch
Postado em 24 setembro , 2013

Pense em um universo de informações, tudo junto e misturado, mas com um toque de harmonia: Estamos falando do Kitsch. É um estilo que poucos conhecem, embora esteja presente em grande parte dos lares. Sabe aquela lembrancinha de aniversário que você levou pra casa e deixou na estante? Aquele pinguim de geladeira que vive “olhando pra você”, o papel de parede chamativo e colorido na cozinha, e aquele tecido floral numa almofada ao lado de outra de poá. Esse conjunto de informações faz parte desse estilo que pode sugerir originalidade. Mas cautela: porque também pode haver um risco de aparentar mau gosto. Afinal, aqueles objetos baratinhos, bonecos de resina, juntos a objetos sentimentais também pode resultar numa certa “cafonice” indesejada. Inspire-se!

kitsch holl

O estilo surgiu na década de 60/70 e por isso é muito comum ver o reaproveitamento daqueles móveis da vovó!

4b912d4f964d3709040a3488a1c4a984

decoracion-kitsch

Também podemos observar o Kitsch no comércio: em restaurantes, bares, lojas de roupa e em vários outros centros comerciais.

Quer uma boa referência? A Grande Família! A série tem como cenário uma casa toda Kitsch, além de objetos, como a famosa jarra de abacaxi!

0,,21480149-EXH,00

17167-64d2cf48ce26c1bcfc427d884023d95f

A dica para criar um ambiente assim é misturar informações. Buscar cores e estampas que juntas resultam em harmonia. Além de investir em objetos decorativos inusitados, de valor sentimental e de caráter retrô.