10 dicas para começar a construir

Postado em 9 agosto , 2013

Começar a construir não é simples. Os muitos detalhes podem acabar atrapalhando o planejamento. Para não deixar nada passar, é melhor criar uma lista com tudo o que é necessário para a sua construção, começando do terreno até os acabamentos. Aqui, sugerimos dez itens que não podem ser esquecidos.

1- Terreno:
Antes de comprar um terreno, é bom avaliar o acesso ao local, ventos, a orientação do Sol, risco de enchentes e deslizamentos e prestação de serviços básicos, como o fornecimento de água, energia e tratamento de esgoto. Um levantamento topográfico também é um bom investimento;

2- Planejamento interno:
O que será construído? Quantos quartos serão necessários? E banheiros? Quantos andares? Que tipo de escada é a melhor? Uma dica útil é instalar muitas tomadas nas paredes para evitar a utilização de benjamins, que podem causar acidentes no futuro;

3- Planejamento externo:
Telhado ou teto plano? Estilo moderno ou colonial?;

4- Profissionais:
Um arquiteto e um engenheiro trabalham de formas diferentes. Cada um dará dicas diferentes para o imóvel. Ter o auxílio dos dois durante uma obra é importante;

5- Sustentabilidade;
Alguns recursos sustentáveis podem diminuir os custos da obra e da manutenção posteriormente. Como reaproveitar as águas das chuvas? Investir em revestimento térmico vale a pena?;

6- Aproveitando os espaços:
Móveis planejados e embutidos podem ser uma ótima forma de maximizar espaços. Se a área for pequena, o investimento é uma boa alternativa.

7- Iluminação:
Ninguém gosta de espaços pouco iluminados, a não ser que seja um cinema. Janelas são necessárias e seu posicionamento deve ser pensado. Claras-bóias e domos ajudam a diminuir a conta no fim do mês. A luz solar também ajuda a prevenir o mofo e, consequentemente, as doenças que vêm com ele;

8- Paisagismo:
Um jardim também precisa ser pensado. Há espaço para que uma árvore seja plantada? Em lugares quentes, ela é ótima para diminuir a temperatura da casa durante o verão, mas é preciso lembrar que haverá a necessidade de poda no futuro;

9- Entradas:
Quantas portas? Em que locais elas devem ser instaladas? Portas de correr? Portas camarão? Uma porta nos fundos? Entrada para o bicho da casa?;

10- Orçamento:
Depois de definir tudo que é necessário, é preciso calcular antes de começar a obra quanto tudo irá custar para não ter surpresas desagradáveis depois. O planejamento é essencial para que tudo dê certo.